2010-03-01

Porquê?

Antes de mais, obrigado por visitarem este espaço e espero que voltem.

Porquê?

Porque é sinal que este trabalhão todo valeu alguma coisa.

A Atomik BB é uma "pseudo-marca" (ainda vão a tempo de a registem) criada aqui há um par de anos por mim e pelo grande e inseparavél amigo "Eskilo", ele que me trouxe há uns 7 anos pra estas andanças do bodyboard. A Atomik BB é assim a consequência das nossas formas de estar e personalidades.

Porquê?

A Atomik BB - The elements of bodyboard foi a forma que arranjamos de mostrar um conceito muito próprio de viver o bodyboard e de viver o mar que reúne fundamentalmente:

"KALIKASAN": Natureza!
"KUOKOA": Liberdade!
"KALULUWA": Determinação!

São estes 3 "K" que na, nossa opinião, são os elementos (AtomiK vêm de "nuclear", de "essencial") para se ser um bom bodyboarder (não no sentido técnico), um bom homem do mar, se quiserem. Isto, o blog, não têm qualquer objectivo promocional. Ao longo deste tempo, fomos surfando muito swell, ora nos Açores, ora no Continente, tivemos experiências fantásticas e armazenamos histórias à custa do BB, donde, de algumas delas, fomos recolhendo algum material de vídeo e fotos que agora resolvemos partilhar.

Porquê?

E porque não?

5 comentários:

Joel disse...

parabéns pela iniciativa!

vou passando por aqui para ver essas fotos e vídeos!hehe

à imagem do rodry e do pedrim também fiz um blog, dá um check:

www.joel-wipeout-vieira.blogspot.com

abraço e boas ondas

Wave Riders Açores disse...

Boas Rui e Eskilo, parabéns e muito sucesso para o blog.

Um abraço e claro muitas e boas ondas

Rui Cabral

Rui Moniz "Formiga" disse...

Obrigado, são importantes esses apoios, pois isto não é fácil de manter... Em breve, virão as prometidas fotos e vídeos. Por agora ainda estou a par com umas (muitas) dificuldades técnicas com o blog.

Boas ondas!

pedrim disse...

weeyy sahalaa
vou ficar atendo as vossas actualizaçoes eheh =D
e força pa manter este blog activo!!
freaks atomik bb eheh
abraço

Anónimo disse...

Força aí. Vou acompanhar.
Pedro Peixoto

Enviar um comentário